Entrevista a Pablo López, Diretor do Orenes Gran Casino de Castellón

Como já teve a possibilidade de ver na nossa secção de projetos, o Orenes Gran Casino de Castellón confiou à Giménez Ganga o projeto de ampliação do edifício original, destinada a alojar uma sala de slot machines.

Como já teve a possibilidade de ver na nossa secção de projetos, o Orenes Gran Casino de Castellón confiou à Giménez Ganga o projeto de ampliação do edifício original, destinada a alojar uma sala de slot machines.

Compartilhar:

Para saber mais sobre esta obra, falámos com Pablo López, Diretor do Orenes Gran Casino de Castellón.

 

Pergunta. – Bom dia, Pablo, e muito obrigado por deixar-nos visitar o casino. Pode falar-nos sobre o espaço que estamos a ver?

Resposta. – É um prazer tê-los aqui. Estão no Orenes Gran Casino de Castellón, um antigo mercado portuário construído no Séc. XIX e reabilitado com o objetivo de representar uma alternativa de lazer integral para adultos na província.

 

P.- Estamos a ver que cobriram todo o teto com pérgolas. Por que escolheram a Pérgola Bioclimática da Saxun para o fazer?

R.- No Grupo Orenes, destacamo-nos por cuidar ao máximo de cada detalhe das nossas instalações e dotá-las de uma personalidade única e identificável entre os clientes. Por este motivo, tínhamos claro que o sistema para cobrir esta sala tinha de ser elegante e sofisticado, e dar resposta às nossas necessidades. A resposta da Saxun foi dada pelo projetista e não podíamos estar mais satisfeitos.

P.- Quais eram essas necessidades?

R.- Em Castellón, temos mais de 300 dias de sol por ano, e a necessidade fundamental era criar um espaço em que os clientes pudessem jogar, tomar algo ou estar com os amigos, enquanto desfrutavam do maior conforto. Para tal, avaliámos várias opções e, aconselhados pelo instalador, decidimo-nos por este sistema híbrido que nos ajuda a ter uma ótima ventilação do espaço.

 

P.- É importante os sistemas funcionarem de forma autónoma?

R- Claro. No nosso complexo, os colaboradores têm de estar preparados para realizar uma multiplicidade de tarefas. A automatização deste sistema ajuda a que as condições de conforto no local não sejam mais um assunto a gerir pela nossa equipa. Para nós, era fundamental a simplicidade da utilização.

 

P.- Também vemos que, na fachada, optaram por instalar a nossa Persiana R-100. O que oferece ao edifício este produto?

R.- Distinção. Queríamos que a ampliação se percebesse não só a partir de dentro, mas também por fora.

 O Grupo Orenes está a apostar, em muitos dos seus complexos de lazer, na inovação arquitetónica, e utilizar essas persianas nesse tamanho e com iluminação representa criar um punto estético e vanguardista que se complementa com o resto do edifício com mais de cem anos de história, constituindo um elemento diferenciador e muito característico da nova imagem de nosso centro.

P.- Que perspetivas de futuro pensa que poderá ter este espaço?

R.- Pensamos que o futuro deste e de outros casinos passa por serem capazes de integrar uma maior oferta de lazer. O cliente procura cada vez mais uma experiência completa, à qual se associam atividades como saborear um bom jantar com amigos, ver um jogo de futebol ou celebrar um evento importante.

 Penso que o futuro deste setor passa por ser capaz de satisfazer essas necessidades.

 

P.- Muito obrigado por falar connosco, Pablo.

R.- Eu é que agradeço, foi um prazer.”